quarta-feira, 4 de maio de 2011

O tempo

O tempo voa.... parece que cada vez mais rápido passam os dias, as semanas... e nesse tempo que escorrega entre os dedos tenho medo de sem querer deixar pra trás alguma preciosidade que não possa ser recuperada.
Sei que um dia vou olhar para o passado e vou me dar conta de algo que deveria ter feito, de um colo que eu deveria ter dado, de uma brincadeira que eu deveria ter participado e de instantes em que eu deveria ter largado tudo o que estava fazendo para sentar no chão e brincar quando ouvi "Vem mamãe!"
Eu tenho um acordo comigo: independente do tamanho da pilha de louça que esteja na pia ou de qualquer compromisso, eu não abro mão de por pelo menos alguns minutos todos os dias sentar no chão e brincar com os meus filhos. Acho importante entrar no mundo deles, olhar os olhinhos deles aprendendo com as brincadeiras. Tenho certeza que esse contato aproxima.
Seguidamente acontece de a Lua pedir a minha mão para dormir. Ela entrelaça os dedinhos nos meus e com a outra mão ainda abraça nossas mãos entrelaçadas para garantir que eu vou ficar ali pertinho dela. Tem algo mais precioso que isso? Ou o Teteu que quando me vê braba diz "Fica feliz mamãe!" e sorri buscando o meu sorriso... é irresistível!
Não...não existe nada mais precioso na vida do que ser tão importante para eles e é preciso curtir porque isso não é corriqueiro e muito menos definitivo. Porque o tempo voa e quando menos se esperar eles vão estar maiores e talvez a minha mão ou o meu abraço não tenham mais esse poder quase mágico que tem hoje.


É maravilhoso ser mãe, e ainda hoje adoro me ajoelhar do lado da cama deles e observar a paz do sono de cada um e agradecer a Deus por ter me confiado essa dupla e linda missão.

2 comentários:

Renata disse...

Lindo Cris! Pensamos muito parecido!
Eu sempre sento com meus filhos no chão... Hoje mesmo eles estavam sentadinhos, pela manhã, antes de eu ir trabalhar,.. aí, peguei uma banana e amassei,... e me sentei perto deles para que pudessem comer um puoco... entre uma colherada e outra, eu ganhava um abraço e muitos sorrisos,... tem coisa melhor do que isso??? Nossa,... eu também largo tudo para ficar com eles, quando estou em casa,... eles são a prioridade! E vemos o reflexo disso na tranquilidade deles, confiança em mim e no respeito que temos uns com os outros,... é lindo, é mágico!
beijão querida,...

Cynthia Barreto disse...

Tem horas que já sinto este tempo se esvaindo, vejo minha filha hj com 10 anos e sei que poderia ter feito mais... Mas sempre há tempo!

Beijos!!