segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

De volta para casa...

Oi pessoal. Obrigado pelo apoio. Aqui é o André de novo. Eu disse no último post que tinha certeza que as coisas iam dar certo. E estão dando. Hoje de manhã o Matheus veio para casa. Bem melhor que da primeira vez, mais forte, mais pesado e com tudo normal. Fiquei com ele todos estes dias no hospital (primeiro na UTI Pediátrica e depois no quarto esta noite passada). Isso foi ótimo, por que nós dois convivemos um bom tempo e ajudou eu a conhecer o jeito dele, seus sons, suas reações. Nos aproximou muito. Mesmo que ele não fale e nem entenda bem o mundo que está, sinto que ele sentiu-se seguro comigo. As 4 últimas noites passei trocando ele, dando mama, carinho, amor e atenção. E deu certo. Mamãe ficava com ele nas tardes, pois tinha a Luana para dar atenção. Não sei se todos que acessam aqui tem religião ou crença, eu só sei que acreditar que o pensamento positivo ajuda, é uma ótima opção. Nas piores horas tem que acreditar. Fiz isso e não me arrependi. Incrível ver como os médicos apesar de toda a dedicação, ainda são impotentes para resolver certas situações, e muitas vezes precisam deixar ao "acaso" para as coisa irem para o lugar. Não tem o que fazer muitas vezes. Então a gente acreditar que a nossa força interior, ajuda é muito bom. Agora a família está completa novamente. Todos muito bem e engordando. Matheus tá mamando muito bem e aceitando tudo. A diarréia cedeu. Nesta experiência na UTI Pediátrica vi coisas que me assustaram mais que na NEO. Como é importante amarmos nossos pequenos, dar carinho e cuidados. São nossos companheirinhos de caminhada e precisam muito de nosso apoio. Abraços e obrigado a todos. André, Cris, Matheus e Luana.

5 comentários:

Lica disse...

Fico feliz em saber que a família está reunida novamente.
Meus pensamentos positivos continuam... o tempo todo!!
Beijo,
Lica

Monique disse...

Graças a Deus o susto passou!!!

Realmente o pensar positivo ajuda muito, não adianta se desesperar diante da situação, temos que ser fortes pois nossos filhos precisam de nós e sentem a segurança que passamos para eles.
Vc e a Cris são muito fortes mesmo, aliás Deus sabe o que faz..ele deu a responsabilidade de criar gêmeos que não é nada fácil para o casal certo, eu tive 2 meninos no dia 22/12 sei como é complicado.
Deus nunca dá o frio maior que o cobertor!!!
Parabéns pela garra!

Abraços

Monique

Ilda disse...

Oi queridos, obrigada pelas noticias. A gente tá aqui com o coração apertadinho mas sempre confiante. Sei que o Senhor está com vocês e vai dar tudo certo. Um beijão no coração dos quatro.
Ilda Magalhaes

disse...

Olá queridos amigos!
Que boas notícias. Estávamos aqui em casa na torcida pelo Matheus. Estive um pouco offline em função da nova integrante da família, adaptações..., mas não deixamos de pensar em vocês e mandar boas energias. Acho que estás coberto de razão André, o pensamento positivo em relação à vida nos dá condições muito melhores para superarmos as barreiras.
Continuem passando essa guarra toda para os pitocos, certamente eles copiarão seus exemplos.
Um grande abraço para vocês.

Anônimo disse...

Emocionada com teu depoimento André agradeço ao nosso Pai do Céu
pela graça concedida da recuperação do Matheus.
Que tua fé e perseverança possam servir de força para outros pais!
Parabens pela união desta familia linda!
Abraços:
Gisele Lanz