domingo, 2 de janeiro de 2011

Socorro

Gente, tô surtando... preciso de ajuda.
Acho que o segundo aniversário foi um marco (para pior), eles estão terríveis. Tô completamente estressada e esgotada.
Eles brigam muito por brinquedos, fazem birra se não são atendidos no que querem, o Matheus faz um escândalo para trocar fralda, é quase impossível escovar os dentes deles, eles não tem dormido a tarde e continuam pegando no sono a noite só comigo junto. É mole?... e para completar o quadro acho que a minha paciência acabou. Foram dois anos de dedicação absoluta mas segunda feira mesmo vou visitar uma escolinha e se eles gostarem e eu avaliar como boa vamos iniciar sim. Para viabilizar isso vamos ter que cortar outros gastos e isso de certa forma também vai recair sobre mim, mas acho que é a hora. Talvez eles estejam precisando dessa convivência com outras crianças e de noções que só se aprende no convívio coletivo e com a ajuda de profissionais. Eu não sei, não estou mais dando conta.
Hoje o dia foi um absurdo... tivemos que sair de carro duas vezes para parar um pouco o chororô, as reclamações e as brigas. Na primeira vez saiu o André para que eu pudesse fazer o almoço e de tarde eu saí para que ele pudesse contemplar um pouco o silêncio.
Agora a noite (já lá pelas 22:30) fui colocá-los para dormir, mas a Lua não queria dormir. Não queria nem ficar no quarto e começou a brigar e chorar.O André também foi lá e conversamos, contamos histórias, tentamos distrair, brigamos... e ela chorava furiosa sem parar. Voltei para a sala já era uma da manhã. 
Como diz minha mãe "o dia foi punk".
Durante a semana passada eles se resfriaram. Fui no médico na segunda por causa do Matheus, na quarta porque a Lua teve febre, na quinta porque no terceiro dia de antibiótico o Matheus passou a ter febre e trocou de remédio e hoje tive que ligar para a médica porque o antibiótico está fazendo mal para o Matheus e ele está com diarréia e com uma assadura horrorosa que a cada troca tem que dar banho para não passar lenço no bumbum dele. E para completar eles odeiam tomar o remédio, cada vez eu tento negociar, conversar, propor alguma troca, mas no fim acaba sendo na força mesmo... morro de dó. O Matheus volta e meia cospe fora e tenho que complementar, e a Lua (que nunca foi chata para tomar remédio) chegou a vomitar na primeira vez que tomou.
Era tudo tão tranquilo... o que está acontecendo?


Desculpem o desabafo, mas estou realmente perdida e cansada.

14 comentários:

O mundo da Dani disse...

amigaaaaaaaa eu com 1 ja pago meus pecados, imagino vc com 2...socorrroooooooooooo mesmoooooo
aqui esta tudo igual a vc... birra, choro, brigas e tudo mais..
forçaaaaaaaaaaaaaa amiga

bjussssssss

Giselle Barros disse...

Cris, sei que é muuuuito difícil, mas tentem manter a calma. A mãe sempre tem a carga mais pesada, pois tem que ter controle suficiente para lidar com as brigas e birras de maneira a educá-los, e qdo jogamos a toalha, fica tudo pior.
Também andei sofrendo nos últimos dias, fui até pesquisar na internet como lidar com as birras. Juro, eu rezei muito, pedi muito para Deus me dar paciência e sabedoria para lidar com a situação. Agora as coisas acalmaram, mas não é fácil.
Vc está sendo muito feliz em optar por escola. Como professora acredito que o convivio com outras crianças, estar em um ambiente onde não são o centro as atenções faz com que aprendam muito.
Um gd bjo e boa sorte

Anônimo disse...

Bem-vinda aos "terrible twos," Tina! Isso é uma fase "normal" mas em dose dupla só imagino que fica mesmo muito complicado. O que está acontecendo é que eles estão começando a querer ficar independentes mas ainda precisam muito de vocês, e como o corpinho deles ainda não deixa eles fazerem muita coisa sozinhos, eles ficam frustrados (e a mamãe, então, nem se fala!). O que funciona com algumas crianças é lhes dar escolhas, porque daí eles se sentem mais "no controle". Tipo: você quer colocar a blusa azul ou a verde? Quer escovar o dente antes ou depois de colocar pijama? E assim por diante. Vc ainda está ditando as regras, mas eles acham que estão mandando... Colocar um "timer" também ajuda com a divisão dos brinquedos -- quando o relógio tocar, é a vez da Lua brincar com este brinquedo, etc (2 min pra cada um, porque eles não tem noção de tempo e parece uma eternidade).

Quanto às birras, eu sempre ignorei, e isso normalmente corta o mal pela raiz rapidinho. Se faz birra, fica sem a atenção da mamãe e do papai. E sempre dê muita atenção positiva quando NÃO fazem birra, elogiando o comportamento.

Estou torcendo por ti para que a escolinha seja do teu agrado. Mesmo se não ajudar muito com o comportamento, pelo menos vc vai poder ter umas horas pra respirar e manter tua sanidade mental... ;)

Aguente aí, prima. Depois de um ano difícil vem um mais fácil... Beijos, Elisa.

Dani e afilhadas disse...

Como a Elisa disse acima, deve ser o Terrible two. A minha afilhada Laura faz 2 anos no sábado que vem e já está colocando as garrinhas de fora também. Briga com a irmã, primo, pai, mãe..... dá lingua, grita.....
Beijos e um Feliz 2011 e que esta fase passe logo para nós
Dani e afilhadas
www.afilhadosamados.blogger.com.br

Adriana disse...

Dá uma pesquisada no google sobre o "terrible two". Giulia tb anda terrível, talvez não na mesma proporção porque afinal ela é uma só, hehehehehe. Coincidencia ou não ela virou uma "terrorzinha" quando entrou em férias da escolinha, por isso te digo, tenho certeza de que notarás uma grande diferença de comportamento dos seus pequenos quando eles entrarem para a escola. Lá eles tem uma rotina mais certinha, limites sem contar que terão o tempo bem preenchido, isso, por incrível que pareça, acalma os pequenos.

Ao menos por naqui deu super certo!!


boa sorte!! e feliz ano novo para vcs!!

Adriana disse...

Ah! quanto ao remédio....mistura com alguma coisa que eles gostem, danone, iogurte,suco, aqui até com nescau já foi.......

Sandra disse...

Oi amiga!
Eu com 1 só de 7 meses já estou pirando... Vc é super forte, mãezona e não se culpe se chegou a hora de colocá-los na escolinha!
Lembro qdo meu sobrinho caçula tinha 2 anos, era fogo, acho que é a idade mesmo...
Bjs

Lisa disse...

Cris! Nem me fala! Os meus também estão terríveis, quase muito pior do que foram até agora, de brigarem por brinquedos, comida, hora do banho, tudo! E também vou colocar eles numa creche, só não sei qual; primeiro tem que vir o corte de gastos também, mas acho que vale a pena, senão eu enlouqueço com eles o dia inteiro e mais a noite! Se tu achar uma creche que tu considere boa aqui em POA me avisa, por favor... Beijão, querida!

Camila disse...

Querida Cris,
Não sei o que te dizer sobre o comportamento deles, pois eu mesma ainda não passei por uma situação assim com as minhas meninas.
Mas posso te falar que você além de precisar colocar eles na escola, MERECE voltar a ter sossego nem que seja algumas horas por dia. Mãe estafada, esgotada, não consegue ser feliz, nem fazer os filhos felizes, a família inteira sofre com isso.
Foram dois anos só para eles, mas agora, mudando um pouco seu foco, tendo sossego para fazer outras atividades, quem sabe você não fica mais feliz?
E para eles acredito também que será bom, saber que no mundo há outras figuras de autoridade além dos pais, e que os limites para as birras não são infinitos.
Enfim, te dou total apoio. Temos que estar bem para podermos cuidar bem dos outros.
Muitos beijos, e força nesse momento (vai passar!),
Camila.

Babi disse...

Chris, li aqui e comentei com meu marido, alias lemos juntos... Guria, tenho loucura pra ter gemeos, mas imagino como deve ser cansativo, custoso, etc...é fácil pra quem não quer ter trabalho e simplesmente deixa com babas, avós primas, etc etc
Olha te admiro muito pela garra que vc tem com eles viu! Vcs são pais dedicados.
Infelizmente não tenho conselhos a não rezar por vcs pra que Deus dê paciência, tolerância e compreenção, e desejar que tudo seja fase e logo entra td no lugar e a nova rotina comece... É isso que 2011 seja lindo pra vs e que tudo de certo pra família toda!
bjão

Babi disse...

Ahh desculpe escri cris errado...é igual da minha cumadre hehehe
olha só pra te avisar a Beatriz tá me deixando doida tb, com birra,bate o pé, chora e não tem limite para as coisas, não quer entender que tudo acaba, um doce, uma brincadeira, uma música.... dói o coração mas to usando o castigo pra educar...ela ri de mim e do pai as vezes...terrível hehehe mas hoje mesmo deixei ela sem brincar com as coisas que gosta e sem sobremesa pq não quis almoçar.

Lívia disse...

Oi Cris,já acompanho o seu blog a algum tempo,mas hoje tive que postar.As coisas que estão acontecendo com você ultimamente são as mesmas que estão acontecendo aqui em casa.Não estou nem conseguindo continuar a escrever no meu blog.Acho que vai ser mais fácil copiar o seu(rsrsrs).Que as nossas duplinhas melhorem o astral em 2011!

omafeliz disse...

Ô Teteu....ô Lua....novidades sem exageros,tá bem? A adolescência ainda tá longe ! Nada de enlouquecer o papai e a mamãe...Tá certo que a gente quer ver o blog ativo, mas daí a enlouquecer a mamãe, é um longo caminho.

Mas não se preocupem, eles vão acabar acostumando e vão ver que a gincana da vida ajuda cada um de nós a encontrar o melhor de si mesmo...

A vida também é um desafio para vocês e vocês estão testando tudo, desde a paciência até a presença deles, não é?

Amamos vocês,"presentinhos" de Deus !
Oma

Renata disse...

Ai, Cris, não tinha visto o teu post... Confesso que fiquei preocupada,....
POr enquanto, para mim, ainda estou naquela nuvem de tudo mágico, e realmente é... mas os meus tbm andam fazendo birra e já começaram a disputar os brinquedos... Como ainda são pequenos, consigo lidar melhor negociano com eles, conversando e mostrando a vez de cada um, sem contar que, com vão à escolinha, não sinto tanto o peso, pois o momento que estou com eles, quero aproveitar ao máximo,... Mas acho que tem muita coisa ainda por vir!!! Mas é isso aí,... tens que achar soluções, pois para tudo há. E, certamente, é uma fase, sendo que cabe a vocês manter o controle das situações.
Um gande beijo, boa sorte e até domigo!!!! Será uma honra recebê-los!!!