quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Um dia depois do outro

Temos progressos, ainda bem! A Oma conta que o Matheus já está se entrosando e que a horinha complicada é a chegada. A Lua também tem seus momentos de chororô mas é mais por ciúmes da Oma "dela".
Para os pequenos se sentirem confiantes a Oma veste a camiseta: senta no chão, brinca junto, se entrega mesmo e é claro que não são só os meus filhos que adoram isso mas todas as crianças. Então a criançada vai se aproximando para brincar, abraçar, pedir colo, subir em cima...enfim...e a Lua não gostou nada nada disso!
O Matheus arrumou um amiguinho que também se chama Matheus e o amiguinho gosta do colo da Oma e a Lua contrariada com a idéia empurra o amiguinho do Teteu. Aí a Tia Vivi (a profe dos anjinhos) diz pra Lua que não pode empurrar o coleguinha e ela segue empurrando só com o dedo indicador para ser mais discreta!!
Enfim...acho que a Oma já tá cansando e espero que quinta e sexta corra tudo super bem para que segunda feira eu possa assumir o posto novamente e quem sabe em mais alguns dias finalizar essa etapa de adaptação.

5 comentários:

Renata disse...

Ah, Cris, que legal! E é bem assim mesmo! Eu também, na adaptação, ficava com eles brincando,... quando via que eles estavam bem envolvidos, saía um pouco e depois voltava...
claro,.. eles eram bem menores,..imagina, com quase 6 meses,.... Com 2 aninhos a coisa é diferente,.. eles percebem mais,...
Mas,... o negócio é não ter pressa e saber que um chororô aqui, outro ali, sempre acaba tendo... e eles depois ficam super bem. O importante é mostrar que lá é lugar de brincar e aprender coisas novas.
Boa sorte, amiga! Espero que dê tudo certo a retomada ao posto.
Bjos, Re

Marcia disse...

Cris linda! Também estamos em adaptação por aqui!rsrsrsrsrs Minha intenção era deixar o Felipe e a Sofia só meio período na escolinha mas minha babá fez o favor de me abandonar...(hoje estou começando a perceber que foi melhor)
Por aqui, em duas semanas de adaptação posso dizer que conseguimos um saldo do purgatório para o paraíso (rsrsrsrsrsrs). Felipe que chorava e me deixava mais triste na hora de ir embora terminou a semana passada me dando tchau de longe, já no meio da criançada! Meninas são muito mais bem resolvidas e a Sofia, assim como a Luana, chorou pouquinho porque via o irmão chorar... Enfim, tudo dá certo amiga! Beijos

omafeliz disse...

Tô cansando não....!
Vamo que vamo!
Agora com o revezamento vai ser melhor ainda, filha.
Beijo
Oma

omafeliz disse...

Tô cansando não....!
Vamo que vamo!
Agora com o revezamento vai ser melhor ainda, filha.
Beijo
Oma

Ana Carolina disse...

Oi Cris,

Sempre leio o seu blog. Quando fiquei gravida de gemeos fiquei muito mal... Já tinha um filho mais velho e não conseguia fazer funcionar na minha cabeça ter tres filhos... muitas mudanças, trocar de casa, trocar de carro, como manter financeiramente tudo isso...enfim... sempre lia o seu blog para me alegrar! É tão pra cima, e alegre... hoje voltei de férias e li os relatos da adaptação na escolinha resolvi contar da minha experiencia: os meus são 3 meninos (o mais velho de 4 nunca teve problema de adaptação, so eu que chorava sem parar, rs) e os pequenos que estão com 1ano e 11meses, vão para a escola desde 6 meses (eu trabalho fora o dia inteiro), até hoje um deles chora para entrar, no dia do brinquedo é mais facil porque ele tem um para mostrar então entra distraído, mas nos outros dias, agarra na perna e não solta de jeito nenhum, pode ser eu, pode ser o pai ou a nossa ajudante, de todas as maneiras ele chora, mas esperando do lado de fora vejo que dura no maximo 4 minutos (contados no relogio) então sempre saio tranquila, mesmo deixando ele chorando porque sei que vai parar e quando volto para busca-los consigo ver alegria e felicidade pelo dia passado lá. Bjs,Ana