sábado, 15 de maio de 2010

A técnica do choro


Nossa me senti super confortada quando olhei o blog da Dani hoje e encontrei essa mensagem.
Leio tudo o que posso sobre cuidados, sono, alimentação, educação, enfim... e fico super insegura para aplicar a técnica do choro, aliás acabei de ler um livro sobre isso dizendo que se deixar chorar em 7 dias vão estar dormindo que vai ser uma beleza.
Mas meu coração é de manteiga e penso que quando choram sozinhos no quarto estão se sentindo abandonados... não consigo, é mais forte que eu.
Dizem que eu acostumei mal o Matheus e a Luana fazendo dormir, eles adormecem segurando e fazendo carinho na minha mão.
Isso me limita? Sim, afinal fico ali junto até que durmam, mas também tenho várias (talvez dezenas de outras limitações) por ser mãe de gêmeos.
Lembro que quando o Matheus estava aprendendo a caminhar e ainda não se equilibrava, sempre solicitava a nossa mão para andar e por ele ficava andando um tempão... aí a mãe disse: tenham paciência pois depois que aprender ele nunca mais vai pedir a mão de vocês para andar.
É a mais pura verdade... daqui a algum tempo eles não vão querer a minha companhia em tempo integral, não vão querer segurar minha mão até adormecer, nem vão se agarrar nas minhas pernas estender os bracinhos dizendo "mamã" em busca de colo.
Talvez eu esteja errada, talvez não... mas espero que a minha mão sempre possa passar para eles a sensação de carinho e segurança.

Kátia!!!! Quanto tempo, coisa boa te ler de novo... um beijo pra vocês.

8 comentários:

Babi disse...

nossa cris, fico até emocionada de ler isso no seu blog, tb sou assim manteiga derretida..rs Sabe a beatriz só dorme mamando no peito, às vezes ela só quer um aconchego nem suga direito e já dorme, penso assim como vc logo ela não vai me querer por tanto tempo por perto, iimagine se eu a deixasse chorando no berço qdo ela acorda de madrugada, se eu sei que no fundo ela só quer me sentir, sentir meu carinho, o colo, cheirinho de mae... nao me importo pelo que as pessoas dizem a este respeito, faço o que faço sem culpa, se vai ficar mimada ou manhosa? pode ser mas não vou me arrepender de um tempo perdido que não volta mais, logo ela cresce e nem caberá mais no meu colo...bjs! e ótimo fim de semana

Julianna disse...

oi Cris!
Concordo plenamente com tdo q vc escreveu!
Tb não consigo ver minhas meninas chorarem, acho q se choram sempre tem um motivo.
tb nunca usei essa técnica de deixar chorar, já li muita gente q faz isso, mas não consigo!Faço igual vc, fico segurando na mãozinha delas até elas dormirem, e graças a Deus minhas meninas dormem super bem, 9h por noite direto.

bjos gdes

katia disse...

Cris, nunca acreditei nesta técnica de deixar chorar. Quando era pequena e a Paula só dormia no peito ouvi muita gente dizer que ela nunca aprenderia a dormir sozinha. Se eu tivesse acreditado não teria aproveitado aqueles momentos que foram únicos. Depois só dormia nanando no colo, depois comigo deitada com ela. E hoje, apesar de gostar de que eu esteja do lado, se eu tiver alguma coisa para fazer na hora, dou boa noite pra ela, um beijo e ela dorme sozinha e bem tranquila, a noite toda. Tudo tem o seu tempo e não acredito em fazer a criança amadurecer na marra. Nunca me arrependi e fico feliz por ter curtido cada etapa do amadurecimento dela. Faz o que teu coração manda e continua esta mãe com "M" maiúsculo. Beijos!

Juliana disse...

Perfeita essa postagem Cris! Me dá até uma raiva quando vejo essas técnicas.. gente isso não existe!!! criamos nossos filhos com o coração! Pelo menos minha mãe nunca usou nehuma técnica comigo e deu tudo certo. Não uso isso com meus filhos. Vc Cris ta super certa. curtaaaa muito seus filhotes!!! depois a saudade vem.... e passsa tão rápido né. beijocas e boa semana

Omafeliz! disse...

É gostoso poder estar junto de um filhotinho ,não é mesmo? O delicado da história é saber quando a gente pode (ou deve !)deixar a criança ter sua "liberdade", e isso inclui superar seus medos...e tomar cuidado para que a gente, a mamãe e/ou o papai (ou os avós...!)não se tornem eles dependentes do afeto deste filho...fazendo todas as vontades dele(a).

Em tudo deve haver o equilíbrio...
E assim a gente vai aprendendo a cada dia, não é mesmo? Testando, errando, aprendendo,mas vivendo com intensidade,sempre.
A propósito, acho que vocês estão se saindo muuuuito bem !
Beijo filha

...ser mãe de gêmeos... disse...

oi,Cris!!
Q legal...
Eu amei seu blog,o meu ainda é novinho,como vc deve ter notado...rs.... um dia eu estava em busca de informações e cheguei até o seu blog...li TUDOOO e gostei muito...eu ainda estou de repouso sim ,mas melhorando,já.Sua família é linda,estão de parabéns,e sua história me animou demais,me identifiquei um pouco com vc...vou gostar muito de trocarmos as figurinhas,se puder...me sinto honrada porisso.abraço a tds.....

Adriana disse...

Oi Cris! eu trabalho na São Marcos, onde o André é mestre da banda, ele já fez uma propaganda do blogger por aqui, desde então eu dou uma olhadinha mas nunca comento. Mas esse post eu preciso comentar!

Acho que você está certíssima!!!!

Tenho uma filha de 2 anos e 2 meses que sempre dormiu no quartinho dela e a noite toda. Mas teve uma época em que ela começou do nada a acordar e me chamar 3, 4 vezes por noite. Eu acabava levando-a para o nosso quarto onde ela voltava a dormir rapidamente. Até que o próprio pediatra dela me deu o livro "nana neném" e eu por uma noite adotei a "técnica do choro". Foi um dos dias mais trsites e frustrantes da minha vida. Depois de muito tempo aos berros ela se entregou ao cansaço e adormeceu soluçando, sozinha em seu berço. Eu não dormi o resto da noite. Fiquei pensando em uma amiga que perdeu seu bebê com leucemia quando ele tinha a idade da minha filha. Ela repetiu por diversas vezes que se soubesse que a vidinha dele seria tão curta não teria "negado aquele colo porque tinha louças pra lavar" não teria "negado participar de uma brincadeira porque queria ler o jornal" não teria "deixado ele chorando por querer um pouco mais de atenção" não teria tantas coisas.....então eu decidi que aquela seria a primeira e última noite que deixaria minha filha chorando daquele jeito. Não podemos perder nosso tempo com medo de mimar demais enquanto o que estamos dando é amor....hj esporadicamente ela dorme no nosso quarto, ela adora e,confesso, que também adoro. Eu costumo dizer que não conheço nenhuma pessoa com seus 15 anos de idade que ainda mame, que acorde a noite pra ir pra cama dos pais, que use fraldas, que use chupeta.....um dia tudo passa e passa muito rápido, eles crescem tomam rumos e a gente vê o quanto foi bom o tempo em que podíamos pegar no colo, aninhar, cheira e aproveitar nossos bebês.

Um beijo pra vcs e se quiserem dêem uma olhada no blogger da minha filhota

www.confabulandoideais.blogspot.com

Renata disse...

Oi querida!
Nossa,..essa técnica é o que há de mais insensível. Imagina, deixar chorar,...não consigo mesmo e não tenho nenhum medo do que AMOR E CARINHO possa vir causar nos pequenos,...imagina só,...AMOR E CARINHO é básico! Só faz bem!
Meu pequeno Raul sempre se agita na madrugada e eu sempre vou lá, pego no colo, faço um carinho e ele dorme,... de vez em quando, perto das 6h da manhã, eu o levo para minha cama, pois assim não preciso ficar indo no berço,...não é sempre mas faço isso sim. Com a Carolina, embora seja mais tranquila, é a mesma coisa,...
Não dá para ignorar,...
Bem, eles estão quase com 5 meses,... uns amores!!! Adoro o teu blog!
Um beijão, Re (Renata_CM, de POA).